As peripécias de uma flor

As peripécias de uma flor

30/08/16

Quebrada de Kari, Atacama - um dos trekkings no Valle de La Luna

Por ser nosso último dia no deserto, optamos por fazer algo diferente dos passeios convencionais para fechar com chave de ouro nossa viagem. Resolvemos nos aventurar em um trekking de aproximadamente três horas pela Quebrada de Kari, localizada dentro do Valle de La Luna.


A caminhada ainda é exclusividade dos hotéis all inclusive de alto padrão no Atacama e parte integrante dos serviços all inclusive oferecidos pelo hotel Alto Atacama.

Duração e percurso

Com duração aproximada de três horas, incluindo o tempo para chegar, a rota é iniciada no topo do mirante da Quebrada de Kari, passando pelo seco rio de sal e retornando a um outro ponto do Valle de La Luna.


O passeio e suas etapas

Para começar o trajeto cheio de adrenalina, o passeio inicia na descida do mirante, sendo obrigatória a passagem por um pavoroso (para mim que tenho vertigem) caminho estreito e sem apoio pelo solo fofo e argiloso da quebrada, seguido de uma bela e mais tranquila descida pelas areias do deserto.


O canto extremo direito é o caminho e motivo de sobra para minha vertigem virar adrenalina pura
 



Passado o perrengue, seguimos enfileirados (para não maltratar o solo) por uma trilha que é exatamente o caminho percorrido pelo rio de sal. Lá é possível ver verdadeiras e belíssimas esculturas formadas naturalmente pela ação do sal, do sol e do vento.




Além disso, é possível escutar ao longo do trajeto, os estralos do sal impregnados nas paredes das montanhas de argila.


Ao longo do percurso, a paisagem muda a cada momento de forma tão exuberante, que ficamos enlouquecidos com os nossos olhos e câmeras.


O que levar?

a) ao menos uma garrafa d'água para aliviar os efeitos da altitude;

b) protetor solar para rosto, braços e mãos;

c) protetor labial, a ser passado constantemente para não ressecar.

Quais roupas utilizar?

No inverno - corta vento ou fleece para o início do passeio, camiseta e calça leve, sem ser térmica.

No verão - camiseta e bermuda. Caso não queira ficar com o pó do deserto em suas pernas, vá de calça leve.


Independentemente da estação do ano, sempre use um bom tênis de trekking (não precisa ser caro, precisa ser bom - tem dica no meu post geral sobre o Atacama em link abaixo).

A exclusividade do passeio 

Devido a eventuais problemas com erosão, o trekking pela Quebrada de Kari pode ser feito somente por guias e hotéis autorizados. Daí vem a exclusividade da caminhada pelo trajeto aos hotéis all inclusive de alto padrão do Atacama.

A experiência com o staff do Alto Atacama

O trekking foi um verdadeiro teste de coragem aliado a superação pessoal, já que tenho pavor de altura. Se não fosse a paciência e atenção do guia que foi de mãos dadas comigo ao longo do trecho estreito, eu certamente não teria o feito. 


Ao longo do percurso, a preocupação com meu bem estar e em detalhar a explicação sobre o local e os seus fenômenos naturais eram nítidas, assim como, a simpatia de seu todo staff.

A experiência all inclusive e os mimos

O passeio é parte integrante dos serviços all inclusive oferecidos pelo hotel Alto Atacama, que possui uma verdadeira gama de opções de tour a pé, de carro, de bicicleta e até mesmo a cavalo para você escolher. 


Pelo fato de estarmos no lugar mais árido do mundo, assim que chegamos ao hotel, recebemos uma garrafinha de alumínio como presente, para abastecermos de água. Há refis e garrafas d'água espalhados por todo o hotel, inclusive em nossos quartos para não esquecermos de nos hidratar durante toda nossa estada.

Muito utilizada durante os passeios para afastar qualquer mal de atitude, além d'água, os guias também oferecem a todo momento snacks (barras de cereal, chocolates, amêndoas, passas, amendoins etc) para aquela eventual fome ou vontade de comer ao longo do caminho.


Demais informações - 

Dicas úteis antes de planejar sua viagem para o Atacama -> Dicas Atacama

Relato independente sobre o Alto Atacama -> Relato Alto Atacama

Maiores informações sobre o Alto Atacama Desert Lodge & Spa -

Endereço: Camino Pukará S/N, San Pedro de Atacama
Caso prefira reservar pelo Booking: http://www.booking.com/


Considerações finais: 

A hospedagem faz parte de um acordo de parceria com o hotel Alto Atacama, sendo que o relato acima foi escrito de forma totalmente independente pela autora deste blog.

Para quem quiser ver mais fotos e fatos da nossa viagem ao Atacama, basta procurar nas redes sociais pela hashtag #JustFunChile . O projeto criado pelo Peripécias juntamente com o blog Territórios em parceria com o blog Guia Mundo Afora. Para quem quiser ter acesso a outras percepções da mesma viagem, confira também os relatos e vídeos feitos pelas meninas em seus respectivos blogs.

Leia Mais ►

29/08/16

Alto Atacama - o oásis em forma de hospedagem all inclusive

Com elegante decoração rústica e uma invejável, aconchegante e extensa área externa, o Alto Atacama Desert Lodge & Spa é o único hotel all inclusive que está literalmente localizado dentro do Valle de Catarpe, em meio a Cordilheira del Sal, um dos ícones da típica paisagem do deserto mais árido do mundo.


A sensação e experiência de respirar e vivenciar toda aquela beleza única e exótica da natureza contrastando com o céu azul durante o dia e estrelado durante a noite, bem a frente de nossos olhos, a qualquer hora do dia, não poderia ser melhor. E, não é a toa que este fator é um dos principais diferenciais do hotel no momento da escolha de seus futuros hóspedes.


Tive a oportunidade de conhecer o Alto Atacama durante minha viagem pelo deserto e, sem sombra de dúvidas voltaria a me hospedar por lá, não só pelas paisagens deslumbrantes vistas bem a minha frente quando abria os olhos pela manhã, mas também pela qualidade do serviço, da gastronomia e pelo que o hotel oferece.  


Quartos

Alto Atacama possui três tipos de suítes para você escolher qual cabe melhor no seu estilo de hospedagem.

Quitor: suítes de 50m2, próximas as áreas comuns, com terraço privativo e vista para o jardim e para a Cordillera de la Sal ao fundo.

Standard Catarpe: suítes de 51m2, localizadas no meio do jardim do hotel, também com terraço privativo, mas como vista para a Cordillera de la Sal e para o Valle de Catarpe.


Suite Tilo: suítes de 70 m2, especialmente localizadas nos jardins do hotel, também com terraço privativo e com vista para uma lagoa e o Valle de Catarpe, a maior e mais privilegiada opção, ainda conta com uma área adicional outdoor que possui além de uma espécie de chase para apreciar o céu durante o dia e as estrelas durante a noite (um dos maiores atrativos do Atacama), chuveiro ao ar livre para você se banhar ao som da tranquilidade do deserto, literalmente.






O toilette é bem espaçoso e com áreas bem segregadas para termos uma maior liberdade e conforto durante a estada.


Fui hóspede da suíte Tilo que de tão confortável e espaçosa, te puxa para não deixar o quarto, com a cama que te abraça, com a vista que fascina os olhos até dos mais exigentes, com o chuveiro ao ar livre que te faz relaxar e com o seu conjunto completo que dá uma baita sensação de bem estar!


Café da manhã

O café da manhã conta com uma generosa carta de cereais, pães, frutas, iogurtes, sucos, ovos, geleias e afins. Caso queira um omelete ou uma panqueca, basta solicitar ao garçom, que pedirá a cozinha que prepare na hora.


Se bater aquele preguiça de tomar café da manhã com os demais hóspedes, pode continuar com ela, pois o hotel leva o café da manhã até a sua habitação. Só precisa pedir com antecedência e informar o horário e quais itens vai querer em seu café.


Gastronomia

Com cardápio a la carte elaborado e baseado em ingredientes de produtores locais, os pratos preparados com produtos frescos, orgânicos e aquele toque de alta gastronomia.


Principalmente aos finais de semana, o hotel procura promover alguma atividade em seu espaço ao ar livre. Lembro que no dia em que cheguei, rolava um barbecue chileno com uma senhora parilla, buffet de saladas e frutos do mar e sobremesas de frutas e produtos da região.




Tudo harmonizado com música ao vivo e bebida a sua escolha, como um belo vinho chileno, Aperol Spritz ou até mesmo alguma outra bebida típica chilena como o Mote con Huesillos (feito com grãos de trigo, pêssego e canela - que eu sinceramente acho doce demais).



O jantar normalmente é servido no agradável e elegante restaurante interno e possui dois tipos de menu, o especial do chef para aquele dia específico e o menu tradicionalmente servido pelo hotel. Com um leque de boas opções, sempre misturava a entrada do cardápio tradicional com o prato principal do menu do chef e vice versa.


Apesar de estarmos no Chile, a minha preferência foi para os pratos com pescados e frutos do mar e não me arrependi. Obviamente, as opções com cordeiro, porco ou carne de boi eram saborosas, mas não são as minhas preferidas.


As sobremesas são um espetáculo a parte, destaque para as perdições com chocolate. Chocólatras de plantão, não deixe de provar esta mousse de chocolate ao leite com tiras de chocolate branco.


Recado aos não hóspedes - 

O restaurante do Alto Atacama é aberto ao público, sendo a carta de almoço e jantar a mesma oferecida aos hóspedes, podendo optar pela versão all inclusive do menu ao valor de 40 mil pesos chilenos ou entrada, prato principal e sobremesa (sem bebidas frias ou quentes) ao valor de 31 mil pesos chilenos (valores em junho de 2016).

Puri Spa

Por estarmos no deserto mais árido do mundo, o Puri Spa é uma atração a parte aos hóspedes do Alto Atacama. Considerado um dos dez melhores spas da América Latina pelo Spa Finder, possui diversos tratamentos (não inclusos na diária) que vão desde massagens relaxantes a banho turco e sauna finlandesa.


Além dos tratamentos e massagens, o hotel oferece também o Spa Tour, incluso na diária, trata-se de uma espécie de flavour do que o local oferece aos seus hóspedes (post com a experiência neste link ->  Puri Spa).

Piscinas e jacuzzi

São quatro piscinas aquecidas espalhadas pela área comum do hotel para você escolher a de sua preferência. O quarteto faz todo o charme da externa e devem ser muito utilizadas durante o verão. Uma pena que fui no inverno e não pude desfrutá-las como eu tanto queria.




Além das piscinas, também na área externa, mas em um espaço mais reservado, fica a espaçosa jacuzzi a céu aberto, que não é nada mal depois de um dia inteiro de trekking pesado pelo deserto.


Serviços e mimos

1 - All inclusive - gastronômico e atividades

Um dos diferenciais de grande parte dos hotéis all inclusive do destino é ter incluso em suas diárias além das refeições, atividades e passeios tradicionais pelo deserto. Obviamente, o Alto Atacama não ficaria fora deste padrão, oferecendo uma gama de mais de trinta atividades para o hóspede escolher a que tem mais proximidade com o seu perfil e interesse.


1.1 - Sobre as atividades e passeios all inclusive - 

As atividades e passeios inclusos vão desde passeios tradicionais que as agências no Atacama fazem, como o Valle de La Luna e a escalada ao vulcão Lascar a passeios (ainda) exclusivos dos hotéis de luxo da região como o trekking da Quebrada de Kari. Independentemente da atividade escolhida, a exclusividade é garantida aos hóspedes, que vão aos passeios com guias próprios e transporte próprio do hotel.


Caso seja a única pessoa em determinado dia para fazer um passeio específico, não tem problema. O guia irá somente contigo e o motorista fazer o passeio. - Caso você queira se entrosar com os demais hóspedes, o hotel coloca em sua recepção uma lousa com atividades e passeios que acontecerão no dia e na manhã seguinte para formação de eventuais grupos.


Além dos passeios convencionais, destaque para o Spa Tour (acima descrito) e para um dos passeios imperdíveis quando no deserto que é o tour gastronômico, feito dentro da estrutura do Alto Atacama e onde é possível ver através do telescópio planetas e estrelas de uma forma bem especial.

1.2 - Sobre os comes e bebes all inclusive - 

O serviço de all inclusive gastronômico inclui café da manhã, almoço, jantar e bebidas alcoólicas ou não durante todo o dia, salvo alguns vinhos mais elaborados que são cobrados a parte, caso o hóspede queira e seja um assíduo apreciador e degustador de vinhos.


Além das refeições e bebidas inclusas, o hóspede conta tem a disposição em seu quarto, frigobar recheado de água com ou sem águas, cerveja, refrigerante e sucos para tomar a hora que for.


1.3 - Transfer gratuito - aeroporto/hotel/aeroporto

Dentro do pacote de diária está incluso o transfer do hóspede desde o aeroporto (ou qualquer outro lugar que estiver em San Pedro de Atacama) até o hotel e vice versa. O transporte é feito usualmente no mesmo tipo de van que nos leva aos passeios.


1.4 - Recepção 

Assim que cheguei ao hotel fui recepcionada com um drink e vários sorrisos no rosto me dizendo: Bem vinda! - Tem coisa melhor para quem gosta daquele mimo?


1.5 - Mimo gastronômico

Fiz meu check out muito próximo ao horário do almoço, mas sem tempo hábil de comer algo antes de partir no transfer para o aeroporto. Sabendo disso, nosso concierge pediu para que escolher algum sanduíche no cardápio, bem como bebida, para que pudesse levar e comer no caminho.

O kit "merenda" veio com um lanche pra lá de bem servido, não só acompanhado pela bebida, mas também por frutas, amendoins, amêndoas, frutas secas, além daquele merecido chocolate.


E não foi só nesta ocasião que o pessoal do Alto Atacama fez um kit merenda para mim. Quando escalei o vulcão Lascar (vide post no blog -> Experiência de escalar um vulcão ativo), por conhecimento, já sabiam que retornaria muito depois do horário do almoço. Por este motivo, quando souberam da peripécia no dia anterior, logo me ofereceram preparar algo para eu levar. E este algo foi o mesmo kit merenda bem servido, como sempre.

1.6 - Concierge

Assim que chegamos, o concierge responsável por acompanhar a minha estada, agendou uma reunião comigo e com o grupo que estava para falar sobre os passeios e atividades oferecidas, estrutura e eventos que o Alto Atacama teria no período. Com base nas informações, ele nos ajudou a preparar nossa agenda dando dicas que se adequavam ao que buscávamos. Desta reunião em diante, cada saída para passeio ou cada volta, estava a pessoa responsável por nos ciceronar por perto para saber se estava tudo bem e como estava nossa estada.


P.S.: Sim, o concierge responsável por acompanhar a estada. Não é você que vai até o concierge, é ele que vem até você e explica a sistemática do hotel e das atividades nos mínimos detalhes, com aquele sorriso no rosto. Isto faz uma baita diferença na experiência.

1.7 - Atendimento

O staff em geral é muito prestativo com os hóspedes ao longo de todo o tempo, a todo momento. Sempre recebida com um: "Está tudo bem? Precisa de algo?" e com  um sorriso no rosto por cada funcionário do Alto Atacama.


1.8 - Bicicletas

Quer fazer um tour de bike ou sair por aí explorando sozinha a região? Não tem problema. Os hóspedes tem a disposição bicicletas para que pegue a sua e saía explorando o deserto. - Se for sair só, não esqueça de levar um mapa contigo para eventuais erros de percurso.


Localização

O lado bom e ruim ao mesmo tempo é a localização do hotel, já que fica afastado do centro de San Pedro de Atacama. Apesar de longe do burburinho, o hotel possui serviço de transfer que nos deixa no centro quando quisermos.

Em contraparte, a distância nos deixa mais próximos da natureza, o que não é nada mal.

Souvenir

Caso seja envolvido pelo hotel a tal ponto que não tenha vontade de sair nem que seja para comprar um souvenir da região, não se preocupe. Há uma pequena loja de mimos localizada ao lado do bar e em frente a recepção.


Maiores informações sobre o Alto Atacama Desert Lodge & Spa -

Endereço: Camino Pukará S/N, San Pedro de Atacama
Caso prefira reservar pelo Booking: http://www.booking.com/

Considerações finais: 

A hospedagem faz parte de um acordo de parceria com o hotel Alto Atacama, sendo que o relato acima foi escrito de forma totalmente independente pela autora deste blog.

Para quem quiser ver mais fotos e fatos da nossa viagem ao Atacama, basta procurar nas redes sociais pela hashtag #JustFunChile . O projeto criado pelo Peripécias juntamente com o blog Territórios em parceria com o blog Guia Mundo Afora. Para quem quiser ter acesso a outras percepções da mesma viagem, confira também os relatos e vídeos feitos pelas meninas em seus respectivos blogs.

Leia Mais ►